domingo, 20 de maio de 2018

São Paulo 1 x Santos 0. CARTA AO JAIR!

Bom e que podemos dizer dessas 6 rodadas do time do Santos?
Taticamente é nítido que não temos plantel formado para jogadores em todas as posições. Perdemos dois jogos com todos os jogadores que temos. Um adversário de terceira de divisão e um time que já vencemos esse ano foram os protagonistas.

Ficou nítido contra o São Paulo, que uma posição técnica radical do time deve ser adotada: seja defensiva ou ofensiva, mas nunca com indefinições na espera da marcação, esperando adversário na defesa de uma forma não eficiente e muito menos buscando forma de atacar sem as devidas considerações técnicas e táticas.

Esta claro que tomar dois gols, em dois jogos diferentes, com a  mesma pratica tática, não é bom sinal:
 Daniel Guedes estava longe do seu marcador lateral, e Gustavo apesar de ter escorregando, estava fora da jogada, no gol tomado contra o Luverdense.
O mesmo aconteceu com o espaço dado por Vitor Ferraz no gol de David Brás falhando no lance de gol contra o São Paulo.

Tivemos erros do Luiz Henrique, em todos os jogos que participou, e em vários desses jogos, com derrotas do time nesse ano., incluindo o paulista.

Além disso tivemos problemas diversos com linhas de defesas e de segunda linha defensiva, com volantes fora de posição, e atrapalhando (errando) as jogadas de terceiro passe,   falta de criação com a aproximação ofensiva.

Bom, alguma coisa tem que ser vista e revisada. Concorda?

Eu particularmente preciso que o treinador defina a sua posição com relação a sua filosofia.
 Ou vai jogar para pressionar adversário , ou vai marcar antes da bola e tentar ganhar o jogo através da construção defensiva.

NO SEGUNDO CASO (O DEFENSIVO) A ESCALAÇÃO TEM QUE MUDAR PARA NÃO ACONTECER MAIS O QUE VIMOS NESSE DOIS ÚLTIMOS JOGOS.

Se optar por uma situação defensiva mais conservadora, a liberação dos dois laterais é necessária, e escalar mais um zagueiro , jogar como a maioria dos times estão jogando defensivamente: três zagueiros atrás, dois laterais atacando.
 Além disso, utilizar dois volantes/ meias
Centralizar dois atacantes que se deslocariam lateralmente e em profundidade para compor com esse laterais,
Um meia( que flutue no ataque e de suporte no retorno do fluxo do adversário).

Montar um 5 (3) 3 (5) 2.Bem tradicional !

Wanderlei
Veríssimo- Brás - Gustavo
Daniel - Alison - Renato - Sacha (ou Rodrigo) e Dodô
Yuri - Gabriel (ou Rodrigo)

Boa sorte Jair Ventura!

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Time x Luverdense? Ex lesionados para pegar ritmo de jogo, com Alison, Wanderlei e Artur começando.

O Santos está com vários jogadores lesionados de volta e que tiveram poucas oportunidades nesse ano ainda. Na defesa temos: Ferraz, Luiz, Gustavo e Cajú, este continua fora, e podia dar lugar para   o Mota por aí. No meio Alison não pode ficar de fora, porque o time vira time de 2a ou 3a divisão, sem ele,como já vimos, e  infelizmente, não tem como ser poupado. Depois tentaria Renato ou Vechio ou Yuri e Bueno. No ataque Copete, Artur e Yuri. Talvez a numeração de 1 ao 8, da camisa, com o ataque mudando a numeração clássica.
O meu time seria:
Wanderlei, Ferraz, Luiz, Gustavo e Jean
Alison, Renato ou Vechio, Yuri e Bueno
Copete , Yuri e Artur.

domingo, 13 de maio de 2018

Santos 3 x Paraná 1, Santos vence mas não convence.

O time do Santos sofre mais uma vez na primeira parte do jogo para ganhar, dessa vez, de um time que em 5 jogos somou apenas 1 ponto.
Na etapa  final, com alguns suplentes, (para satisfazer a torcida),apesar de ter feito 3 gols com incrível falha defensiva do adversário, o time do Santos  tomou um gol no final do jogo, na frente da área.
Precisamos com urgência contratar. Não tem o que fazer, existe uma incrível falta de condições técnicas dos nossos meio campistas,o que deixa  torcedores bastante irritados com a péssima qualidade na marcação, passes,lançamentos, chutes e principalmente criação de jogadas.
Creio que com a evolução de nossos adversários, e nossa estagnação técnica, apresentada, poderemos tomar goleadas com enfrentamento dos 6 primeiros da tabela de classificação.
 Posições e jogadores:

GOL: Wanderlei não teve muito trabalho com times tão fracos, mesmo assim faltou entrosamento e falta de comunicação com a dupla de zagueiros, em alguns lances
LATERAIS: Ferraz e Dodô, são bons laterais, mas não sabem quando vão para o abafa, ou quando defendem, devido a falta de sincronia, defesa,  meio e ataque, isso é complicado por que projeta um contra ataque do adversário.
ZAGUEIROS: a primeira linha defensiva ainda está mal feita, Gustavo perde na corrida e não acha o atacante na hora certa,  Veríssimo se confunde na cobertura central e lateral.
VOLANTES/MEIAS: temos Alison centralizado, cobrindo a zaga , e dois outros meias volantes que não funcionam nem como uma coisa , nem como outra, pois a marcação central e lateral é falha e a relação de reposição sempre acaba no adversário. Infelizmente Bueno e Jean precisam melhorar muito para assumirem o meio campo santista.
ATACANTES> Sasha, Gabriel e Rodrigo parece que se entrosaram enfrentando times menores, no entanto, com times melhores a intensidade dos passes e chutes, e a qualidade das jogadas, tem que melhorar muito ainda.

Esperamos que o nosso presidente Peres consiga trazer alguém de qualidade para suprir nossos problemas, com esse time é meio de tabela na certa.
Saudações santistas

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Só declaração obrigatória de IR dos empresários santistas, pode acabar com PALHAÇADA encontrada em relatório de auditoria santista. Sócios advogados podem ajudar!

E você ainda vem me falar no Modesto?https://www.diariodopeixe.com.br/noticias/cleber-bruno-damiao-thiago-maia-santos-deve-r-80-mi/
Só através de solicitação aos jurídicos do Santos e também de forma jurídica pública, associados e torcedores, podem acabar com esse vício que corrói o time a tanto tempo.
Empresários deixando de pagar suas obrigações em nome do Santos FC, e na transação dos jogadores, recebe em benefício próprio, e da comissões a terceiros. Afundando cada vez mais o nosso time.
A única saída é convocar torcedores e sócios e exigir de todos esses empresários, que apresentem seus IR, seus e de seu familiares,ao clube. Comparando ganhos e vinculando negociações, de forma aberta, aos seus ganhos aqui no clube.
Assim poderemos participar do enriquecimento dessas pessoas que detestam o clube e usam o clube apenas para mamar, sem nenhuma ética e escrúpulo.
CHEGA DE PALHAÇADA!
Minha opinião:
Sub 23? extinção já. Infelizmente só dá prejuízo, não traz retorno de imagem, nem custo/benefício com, aparecimento de jogadores, apenas enriquece empresários e endivida o Santos.
Feminino? se não tiver um patrocínio bom, adequado, não vejo porque manter, gasto a mais desnecessário , não agrega em nada ao futebol , como o todo no clube.
Elenco? no máximo 30 jogadores, de preferência , jogadores que agreguem valores futuros, um porcentual de meninos da base e um pequeno porcentual de atletas para pegar rodagem em clubes menores, o resto venda imediata.
Mão de obra? em uma primeira etapa 180 funcionários e uma base amadora do futebol de 150 atletas , no máximo.
Léo e Copete? renova e vende, jogadores, que se estiverem bem valorizados, podem dar divisas para sairmos do buraco que estamos.
Time titular? falta jogadas futuras , o segunda passe nunca acha o terceiro, pressão na defesa e falta de estrutura e qualidade na ligação, Infelizmente fazemos gols com bolas trabalhadas apenas entre defesa e ataque, falta ligação, bons passes, bons cruzamentos, bolas com mais paciência, sem rifar, e pressão, um bom meio de campo de criação.
Goleiros e laterais? Não temos problemas. zagueiros? Precisamos da recuperação de Gustavo e Luiz.
Volantes? apenas Alison tem mostrado uma produção satisfatória, falta alguém para agredir e trabalhar a bola melhor, Meias? Infelizmente aí mora nosso maior problema, não temos meias no time e não temos alternativas técnicas, atacantes? o time está bem servido de jogadores no ataque.

terça-feira, 24 de abril de 2018

Santos 2 x Estudantes 0, Gabriel desencanta, Veríssimo amplia, mas time ainda confunde velocidade com afobação na armação das jogadas

O time do Santos jogou um futebol bastante veloz, com jogadas de passes: curtos e pra frente, e pelas laterais, no entanto, muita afobação na proximidade da área,  afobação e precipitação nas principais jogadas finalizadas, a defesa mostrou solidez e não teve muito trabalho com um ataque bastante inofensivo.
GOL: Wanderlei trabalhou apenas duas vezes com perigo  para a sua meta, durante a partida. Seguro nas saídas e reposição.
LATERAIS; Guedes e Dodo acertaram a hora de atacar e jogar recuados na marcação, é evidente que ainda precisa aparecer mais jogadas e triangulações para furar as defesas no lado lateral do campo na parte ofensiva.
ZAGUEIROS: Ótimo trabalho de Veríssimo, autor do segundo gol de cabeça, e David, com bastante empenho na linha da defesa, tiveram uma melhora na distribuição de bola.
VOLANTES/MEIAS: Alison , o muralha de sempre, no meio e na distribuição, após a linha da defesa, Léo jogou bem, correu bastante, mas precisa melhorar a bola de ataque,  se posicionar melhor para receber e passar, deixar a bola correr com melhor posicionamentos dos companheiros no meio e na frente das linhas, assim como Jean, procurando lateralmente os passes e com mais acertos, porém bastante ansioso no inicio da partida, perdendo jogadas fáceis, como todo o elenco.
ATACANTES: Gabriel fez o seu gol, acertou a posição de ataque , precisa ter o tempo de recepção para a bola não ser tão rifada, Copete, não comprometeu, mas também não foi tão ofensivo, fez a assistência para o gol de Gabriel. Rodrigo, o menino mágico do time, a cada partida amadurece e consegue impor seus ataques, Ótima partida
Hoje o Santos ganhou de um time relativamente fraco, precisa continuar com troca rápida e menos ansioso para os passes de ataque e com melhor treinamento nos passes e chutes, principalmente com aqueles que saem na distribuição. Continuo achando que precisamos equilibrar a parte defensiva e de criação no meio campo, e acertar passes e chutes.

Parabéns pela vitória!

 

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Veríssimo? Super necessário. Empresa de Peres? 110 dias de presidente apenas. Pessoal e jogadores fechados.Oposição? Chega de gastão

Véríssimo? super necessário

A nossa zaga hoje é um setor muito importante para o time.
Veríssimo e Brás criaram bom entrosamento e praticamente não perdem jogos. Vale dizer que Luis Felipe, seu reserva imediato entrou em 5 jogos, até aqui, empatou um e perdeu quatro, com lances inclusive, de falhas na  frente do gol. Tivemos também a presença de Bambu, da base, e Gustavo Henrique, também em recuperação, na parte técnica, depois de lesão. Cleber, contratado na gestão "Modesta", não aprovou tecnicamente e trouxe um desperdício de salários e comissões, assim como o Argentino, prejuízo, como quase sempre acontece nas transações externas. No ano passado,também na gestão "Modesta",  tivemos a dispensa de Jubal, atleta, bi campeão sub 20, formado na base santista, não teve seu contrato renovado, no entanto, poucos dias depois, estava empregado em um time  Português. bastante estranho!Tivemos ainda , em um passado recente,  bons zagueiros que saíram, praticamente despercebidos: como PR e Wallace, (e estão na foto dos meninos aí do lado). Concluindo:Veríssimo disputou praticamente o restante das partidas do peixe, onde foi vencedor em quase todas, foi e é hoje um dos principais jogadores do clube para disputa do brasileiro e libertadores.

Empresa de Peres? 110 dias de presidente apenas.

Imagina você , por exemplo: com uma prestação de um carro ou com uma casa comprada a prazo ou  alugada. Tudo pela mesma empresa de serviço. De repente tem que se desfazer de todos esses negócios? é muito complicado. Deixa qualquer um louco. Agora você imagina voce sendo dono de uma empresa desportiva, e ter que acertar todos os seus negócios empresariais, para atender a necessidade de ser presidente de um clube? É claro que precisa de um tempo para que isso aconteça. Ninguém se desfaz , ou transfere negócios de forma tão imediata assim.
De forma "Modesta", por exemplo, tivemos um jogador sendo colocado a venda "como saco de batata" na imprensa por tres anos. Hora ia para a Europa, hora ia para a China, hora renovava. e ninguém falou nada? Um "tira e põe" trazendo com isso um desprestígio  para a marca Santos e para o torcedor santista. Jogador com contrato em vigência com o clube. Aliás esses assuntos deveriam ser tratados internamente.  Torcedores sendo desrespeitados. Enfim, como pareceu ser difícil realizar o negócio, eim?. Foram três anos, tentando, tentando,tentando, né? E agora o Peres? querem que o cara, se desfaça de uma empresa em 110 dias? Brincadeira!
Concluindo: É claro que a empresa de Peres vai ser fechada, para atender o estatuto santista, mas deve ter um período de transição, com total bom senso e lucides por parte dos sócios, concelheiros e gestores.

 Pessoal e Jogadores fechados. Oposição?chega de gastão.

O grupo de jogadores, está praticamente fechado, Temos 4 bons goleiros, 4 bons laterais, 8 bons meio campistas e 8 bons atacantes, somados aos meninos da base que eventualmente aparecem no time de cima. Vale dizer que Peres teve que cortar despesas, tanto de pessoal, como com gastos com  jogadores encostados. Aqueles  com maiores salários principalmente, pois encontrou todo o pessoal,em 2018, sem provimento de salários além de  dívidas imediatas com a receita federal, que poderiam levar o clube a série B junto a FIFA. Tudo isso, somando praticamente 80 milhões em prazos relativamente curtos. Necessitava de receitas imediatas. Estas foram conseguidas com empréstimos bancários e antecipações,via globo, entre outros.O Santos hoje se aproxima de uma dívida contraída total, em torno de 400 milhões.
 MT, por exemplo, emprestou ao Santos FC, de sua família, também da faculdade e da TV, aproximadamente 120 milhões, mas trouxe acumulados entre juros e comissões, o dobro, em  dívidas para serem pagas .Algumas vezes funcionando como um "banquinho", como aconteceu na gestão de Modesto Roma, assumindo dívidas e depois créditos santistas posteriormente, e com sobras de receitas quitando tudo que lhe pertencia, principalmente o que tinha que receber com o clube até então. 
MT, no período do início dos anos 2000,com todos os gastos milionários, com tantos medalhões e perebas ,com imensas comissões e muito prejuízo para o clube, teve como sobra de esperança, apenas Robinho e Diego que vingaram e deram lucro alto, apesar de não terem dado gastos quase nenhum para o MT e para o clube.
Podemos dizer que 240 milhões saíram do clube em troca de dois campeonatos brasileiros, e um vice campeonato da libertadores. Valores quitados e finalizados por Modesto recentemente ao MT.  Tivemos uma sequencia de alguns poucos acertos e vários erros.
Modesto,  por exemplo, recentemente contratou dezenas de jogadores que não vingaram, dando lucro a vários empresários intermediários, contrapondo a Peres que com apenas três contratações, trouxe jogadores que estão "arrebentando" na escalação titular.
Concluindo: É preciso disciplina para se controlar gastos, alguém tem coordenar tudo isso, principalmente com o pessoal, como já foi provado. Percebemos  prejuízos irreversíveis, e as vezes quase insolúveis como aconteceu com a entrega da última gestão.

Nós torcedores e associados pedimos:

NÃO AOS GASTÕES, NÃO A CONTRATAÇÃO DESORDENADA DE JOGADORES,
NÃO A OPOSIÇÃO "EX QUEBRADEIRA" DO CLUBE.

DEIXEM O PERES TRABALHAR EM PAZ!

domingo, 15 de abril de 2018

Santos 2 x Ceara 0, time joga sem atuação de Wanderlei mas mostra falta de criação e acertos de passe. Sasha x Zeca não saí? torcedor fica irritado.

O Santos ganhou do time do Ceara, time bem organizado, com uma organização tática bem montada, na parte técnica deixa a desejar na conclusão. Já o Santos continua desorganizado depois do meio campo, as bolas não chegam nos destinos, sejam de tabelas, chutes passes e posicionamento para bolas futuras. apesar dois dois gols serem criados com bolas laterais (finalizaram:Dodo e Rodrigo), precisamos sim de um armador, que nutra os atacantes, e que empurre o adversário para o setor defensivo. Apesar das linhas estarem mais próximas e a situação de defesa com a bola do adversário estar bem trabalhada, a nossa bola dominada esta fraca e precisa de treino, principalmente combinações depois da intermediária.

Setor por setor, jogador por jogador.

GOL: Wanderlei fez só uma defesa durante todo o jogo, a nossa tática colaborou positivamente para isso.
LATERAIS: Dodo falhou em duas oportunidades, já Daniel, deu assistência para o gol de Dodo, e também poderia ter melhorado a parte ofensiva, com melhor sincronia com cobertura, meio e ataque. Nos lançamentos, os dois laterais precisam trabalhar jogadas futuras, cruzamentos e bolas de fundo.
ZAGUEIROS: Brás e Veríssimo evoluíram muito, por estarem sempre jogando muito, aprenderam a "travar" os atacantes, e a fazer a linha defensiva melhor, embora nas bolas altas ainda temos problemas.
VOLANTES: Alison é o "monstro" de sempre, corre a defesa toda, e joga os 90 minutos em alto nível.Taticamente supre mais um jogador, mas falta ainda alguém que desafogue o Santos na saída de bola, e saiba achar as triangulações e espaços para as jogadas de ataque. Léo jogou bem, se deslocou, mas não achou muita resistência no meio campo, poderia ter incomodado mais, ter acertado os passes e chutes.
ARMADORES: O time ainda não tem quem carregue a bola para o jogo no campo do adversário, taticamente, ainda não temos criação e flexibilidade , falta uma boa ligação ofensiva, jogadores que esperam não sabem o que fazer com a bola, e o jogo fica bem"telegrafado". Rodrigo está em evolução, precisa se soltar e fazer o que sabe , parece que tem obrigação de passar ou ter que jogar sempre com a mesma função, vamos ver as próximas partidas, em alguns lances de uma contra um dá para partir pra cima e fazer, que é sua característica. Jean errando muito passes e chutes, precisa treinar fundamentos se quiser assumir a camisa 10 do peixe.
ATACANTES; Gabriel tem potencial, mas está criando insatisfação com uma parte da torcida pela sua postura de querer ser "diferente", e parecer ser melhor que os outros dentro e fora de campo. Precisa ser mais humilde, ser mais companheiro, e não achar que é 'gostoso do time". Nunca vi o Pelé pintar cabelo, cair e ficar fazendo fita a toa, reclamar de jogadas toda, hora ser expulso e hora levar cartão .Tem futebol, todo mundo sabe, mas o torcedor pode pegar no pé, e aí a coisa complicar. Poderia a voltar a fazer as beiradas, para não se comprometer muito. Já Sasha tem futebol, chuta e passa bem com os dois pés, cabeceia bem, tem um senso tático que caiu como uma luva no esquema do Jair, e tomara que o Tite não esteja vendo os jogos, porque é um jogador muito importante no futebol moderno. Tem mobilidade e técnica, talvez seja o que mais assimilou o desenho tático proposto por Jair.

Sasha por Zeca, sai ou não sai?

O  Sasha praticamente virou um menino da Vila, se ambientou muito bem e precisa resolver seu futuro, porque se tivermos uma opção para que o Inter faça o negócio, infelizmente daremos o valorização "de graça" no final do contrato. Zeca, menino da Vila, pode ir para o Inter, e mostrar lá o que o Sasha mostrou aqui. Sendo do Paraná , não terá grandes dificuldades de adaptação, além de seré muito rui ficar parado, tanto tecnicamente como financeiramente. Acho que esse negócio poderia ser feito rapidamente para o bem dos dois jogadores.

Meu time? Posição de ataque?

Wanderlei, 
Daniel, Veríssimo, Braz e Dodô,
Alison, 
Léo e Renato
Gabriel, Sasha e Rodrigo